O que é a Naturopatia?

É a Medicina Natural de “todos os tempos”! Que utiliza os elementos naturais – plantas, alimentos, água, sol, terra, ar – para o tratamento e prevenção de doenças, com uma abordagem holística do indivíduo.

A medicina era una durante séculos e milénios, ou seja, era toda ela “naturista”, com variantes geográficas e culturais, mas sempre tinha por base aqueles elementos, bem como uma visão holística do ser humano. Hoje, no “mundo ocidental”, destinguimos essa medicina natural, actualmente denominada de “Naturopatia”, da medicina “convencional” ou alopática, que se caracteriza pelo tratamento baseado no sintoma, que recorre a medicamentos químicos de síntese e que centra a sua atenção na luta contra a doença, de uma forma mecânica e isolada, seguindo os critérios da industria farmacêutica.

Acompanhando a evolução dos tempos, a Naturopatia foi-se adaptando e integrando várias ferramentas e modalidades terapêuticas, sendo hoje uma medicina com grande êxito na prevenção e tratamento de variados problemas de saúde, sejam eles agudos ou crónicos. Os tratamentos naturais utilizados em naturopatia actualmente podem incluir: fitoterapia, aromaterapia, dietoterapia, suplementação ortomolecular, homeopatia, oligoterapia, banhos de floresta, hidroterapia, enemas, acupuntura, massagem, etc.

Existe um conjunto de regras – os fundamentos da Naturopatia – que devem estar sempre presentes no trabalho de qualquer naturopata, os quais deveriam ser também a base do trabalho de qualquer médico e terapeuta:

  • actuar sobre as causas da enfermidade – o propósito principal não é suprimir o sintoma, mas ir ao encontro da origem da doença;
  • tratar a pessoa de forma holística, isto é, na sua totalidade – a naturopatia não se centra na doença, mas no indivíduo, em relação com um ambiente, emoções, hábitos, alimentação, etc. Onde cada sintoma, cada órgão, cada emoção faz parte de um todo e não pode ser analisado isoladamente;
  • promover a prevenção e estimular a auto-cura inata a todos os seres, através de ferramentas que vão naturalmente fortalecer o organismo fomentando a saúde – é a “Vis Naturae Medicatrix” (via da cura natural);
  • ensinar a desenvolver uma alimentação e estilo de vida saudáveis;
  • “primum non nocere” – utilizar tratamentos naturais, não tóxicos e o menos invasivos possíveis.

Para ser naturopata estudei anatomia, fisiologia, bioquimica, nutrição, fitoterapia entre outras ciências/terapias… Ou seja, tenho um profundo conhecimento sobre o funcionamento do corpo humano e sobre diferentes técnicas de cura, o que me auxilia nesta missão de te orientar no tratamento e prevenção de doenças, respeitando as leis da Natureza e do teu organismo.

Se queres saber mais sobre as minhas consultas de naturopatia, continue a ler aqui »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s